Vencendo as tentacoes

Como Vencer as Tentações

 INDRODUÇÃO

Sabe-se que existe um desejo satânico de impedir que o homem seja feliz usufruindo da comunhão de Deus.O diabo veio para “roubar matar e destruir”.Para conseguir seu intento ele não mede esforços, usando para isso todas as artimanhas e oportunidades possíveis e imagináveis, para tentar o homem e desviá-lo dos caminhos do Senhor.Ele usa a estrategia da tentação para conseguir aquilo que ele mais almeja, que é desmoralizar a obra do  criador.

1.DEFININDO O QUE E TENTAÇÃO

A tentação pode ser considerada como um teste dificil, uma provação ou uma prova. que se tem dè transpor e  sair vitorioso.No aspecto espiritual, é uma tentativa satânica a fim de levar o homem a cometer atos que desagradem a Deus e, em seguida, aprisioná-lo nas malhas diabólicas.Em todos os tempos, o inimigo ousou tentar o homem para desencaminhá-lo e levá-lo à prática do mal (Mt 6.13).Tentação é, pois, o incitamento para se ir além daquilo que Deus delimitou.

1.1.  Todo ser humano é tentado

Foi assim que aconteceu com Adão e Eva, desde o princípio da vida humana. Infelizmente, eles se deixaram levar pelo engano Gn 3.6′ Através dos tempos, todo ser humano é provado com tentações. Até o próprio Jesus Hb,2.18; 4.15,Mas a promessa é que o cristão não será tentado além das suas forças (1 Co 10.13).

1.2.  Deus consente as tentações

 O apóstolo Tiago afirma que Deus não tenta a ninguém (Tg 1.13). Isso ocorre porque Ele não tem parte com o mal. É errado responsabilizar Deus pelas situações de tentação. Pelo contrário, Ele socorre e salva os seus de tais situações (2 Pe 2.9). É fato que, muitas vezes, Ele consente, como forma de teste da fé do cristão. Mas Ele sempre esta no controle.As tentações foram freqüentes na vida dos servos de Deus, tanto na antiguidade, como no tempo presente.

Outro exemplo bem expressivo de tentação foi aquele, quando Davi, em certa ocasião cortou a orla do manto de Saul, na caverna. Ele procurava Davi para matá-lo. Seus homens incitaram-no a matar o monarca. No entanto, o jovem pastor conteve-se e não deu lugar àtentação (1 Sm 24.3-7).O livro de Atos registra o caso de Ananias e Safira que foram tentados a mentir acerca do valor da venda de um imóvel.Ao entregarem a oferta aos discípulos, com palavras enganosas, foram castigados com a morte (At 5.1-11).

Citando exemplos

Quando José foi levado ao Egito com apenas dezessete anos de idade, passou pelo teste e saiu do conflito com a alma tão pura como no início da tentação.Mesmo sendo tão jovem, vivendo em meio de estranhos sem ter quem o ajudasse com palavras animadoras, ele não se deixou levar pelo assédio de uma mulher rica e bonita (Gn 39.7-20   Ele  confiava plenamente em Jeová.

2. Uma estratégia muito usada

Uma das formas mais dissimuladas que Satanás usa para tentar o cristão é levá-lo a ser coerente com O comportamento dos descrentes. É uma estratégia que dá certo em muitos casos.Por exemplo, vários crentes estão se deixando levar por “modismos”. Quando organizam festas, que deveriam ser motivos de louvor e ações de graças, imitam o modelo do mundo. Então, não falta muita bebida alcoólica, (no dizer de alguns, para os convidados descrentes se sentirem bem). Não mais se ouve um repertório de hinos e canções de adoração. Em lugar disso, são músicas insinuantes para a dança, inspiradas por autores que não têm sensibilidade espiritual. Até mesmo os trajes não são condizentes com o senso cristão. São momentos, que se pode dizer de distanciamento da santidade tão requerida por Deus.Por quê aqueles que devem fazer a diferença em tais situações estão se deixando levar pela tentação?

O apóstolo Paulo adverte seriamente: “E não vos conformeis com este mundo” (Rm 12.2a), o que significa não tomar a sua forma, não se igualar a ele, não praticar as mesmas ações.Infelizmente, há crentes que estão cedendo, para glória e alegria do inimigo.Os que assim praticam certamente perdem valiosas oportunidades de engrandecer o nome do Senhor.

2. ENTENDENDO OPROCESSO DA TENTAÇÃO •

Pode-se tomar como exemplo os três aspectos básicos revelados por ocasião da tentação que Eva enfrentou.

2.1. A concupiscência da carne

Entende-se por concupiscência O desejo intenso de bens ou gozo materiais. Traduz-se como um desejo muito forte.”E vendo a mulher que aquela árvore era boa para se comer” (Gn 3.6 a), desejou fortemente experimentar do seu fruto E claro que não é pecado gostár de algo. O homem é um ser dotado e instintos, desejos e apetites.

O comer não é apenas uma necessidade. É tambem um prazer.  ,No caso de Eva, certamente,O pecado não consistia em sentir vontade de comer o fruto. Mas sim em satisfazer um desejo pessoal Contrário à vontade de Deus.Deus já havia proibido ao casal comer do fruto daquela árvore. Talvez para testar a prática do livre-arbítrio concedido ao homem.Eva não resistiu à tentação.

2.2. A concupiscência dos olhos

Ao notar que o fruto era lindo, um verdadeiro deleite para os olhos (Gn 3.6 b), e quem sabe também para o paladar, Eva não resistiu.Da mesma forma, o erro não está em desejar coisas agradáveis aos olhos, coisas bonitas, porque a beleza atrai.Mas, Eva errou por desejar obter algo que Deus já havia proibido de antemão.Admirada com a beleza do fruto, la cedeu à tentação.O mesmo caso aconteceu com Acã, quando Deus determinou que os israelitas tomassem a cidade de Jericó, mas não se apossassem de nada dali.Aca .desobedeceu. Depois de cobiçar, apossou-se de objetos proibidos (Js 7.1,20-25) e por essa razão foi castigado.Deus exige obediência completa e o reconhecimento da Sua autoridade. Aquilo que os olhos cobiçam pode ser uma intensa sedução para se cair na tentação.O diabo  está constantemente procurando oportunidade para oferecer aos crentes “suas mercadorias”, de modo bem atraente a fim de despertara cobiça dos olhos e fazê-los cair na armadilha da tentação.

2.3. A soberba da vida

O terceiro desejo surgiu quando Eva entendeu que o fruto desejado era próprio para dar entendimento.Aquele desejo de realizar e alcançar prestígio encheu o coração de Eva e ela não se conteve O desejo de grandes realizações, de tornar os sonhos em realidade é próprio e faz bem ao ser humano.O erro está em querer mais do que aquilo que lhe convém.

O inimigo está sempre tentando O crente para ir além dos limites determinados por Deus.apostolo Joao adverte sobre o assunto (1 Jo 2.15-17).Eva pecou porque deu crédito às insinuações de Satanás e ficou fascinada com a idéia de grandeza, isto é, de ser igual a Deus.

2.4 Os aspectos da tentação de Jesus

Assim como Eva, Jesus foi tentado através dos três desejos básicos.A concupiscência da came No instante em que Jesus se encontrava fisicamente abatido e por isso vulnerável, o diabo ofereceu-lhe algo para satisfazer aquela necessidade (Mt 4.1-3).Ele estava desafiando o Mestre Jesus a colocar seus desejos pessoais, como homem, acima da vontade do Pai.O inimigo continua usando a mesma tática com o cristão. Num momento de provação, ele nos desafia a usar a nossa própria força.

2. 4.1 A concupiscência dos olhos

Satanás ofereceu a Jesus todos os reinos da terraLc 5,6).Se Jesus aceitasse, teria tudo sem precisar passar pelo sofrimento e pela morte. Mas estaria dominado pelo inimigo.Isso era um insulto à autoridade e ao poderio de Jesus.

2.4.2 A soberba da vida

intuito de tal tentação foi testar Jesus a ceder pela fama e prestígio (Lc 4.9,10. Certamente, a fama de Jesus se espalharia, e Ele seria admirado pelos judeus que estavam à espera de um Messias famoso e conhecido por todos.Mas Jesus se sobrepôs a todas as táticas satânicas e foi vitorioso (Hb 4.15).Jesus foi o exemplo perfeito de firmeza e submissão ao Pai.Jesus se recusou a aceitar os meios espetaculares e as facilidades oferecidas pelo diabo. Ele preferiu a cruz porque era a vontade de Deus, para que o homem pudesse alcançar a vida eterna.

3. VENCENDO AS TENTAÇÕES

Para vencer a tentação é preciso estar fortalecido no Senhor e na força do Seu poder (Ef 6.10).,Ninguém é tão suficientemente forte para vencer o mal com suas próprias condicões. Satanás é um adversário forte e astuto e com o firme propósito de tentar o homem fazendo-o pecar e afastar-se do Senhor.Existem três aspectos que o inimigo explora como meio de tentação, vejamos:

• A pobreza que traz revolta, agressividade e pode levar o homem a praticar ações desonestas para alcançar os bens desejados (Pv;30.7-9)

 • A riqueza ou prosperidade. Satanás usa o fascínio da riqueza, levando o homem a ocupar-se em demasia com as coisas materiais (Mc 4,19).A pessoa enriquece e, então, fica com receio de empobrecer. Como conseqüência, torna-se avarenta.Quanto mais tem, mais deseja possuir (Sl62,10);

• A glória e o poder também têm levado muitos crentes a se distanciarem do Senhor.Enquanto são simples e não gozam de prestígio, são fiéis. Mas, quando começam a galgar cargos elevados e a conquistar poder, mudam totalmente o comportamento e passam a negar a fé.

3.1. Lidando com a tentação

As tentações são constantes, porém não duram para sempre.O crente possui os meios adequados para ser vitorioso. Deus colocou meios eficazes à disposição dos seus servos para que tenham condições de prevalecer Ef 6.10-18.Muitas vezes, as tentações atingem o cristão para servir de teste ou como forças que ajudam o crescimento da fé e o desenvolvimento espiritual (Tg 1.12). Aresistência às tentações aumenta o poder do crente. Se, no entanto, ele se mostrar fraco, a sua força será pequena e se tornará vulnerável e propenso a ceder (Pv 24.10).

3.2. Meios para escapar da tentação

A Bíblia adverte que o cristão deve submeter-se à vontade de Deus e resistir ao diabo  (Tg 4.7).Não é para correr amedrontado diante das ameaças do inimigo, nem ficar desencorajado ou deprimido.O importante é permanecer firme na fé 1 Co 16.13).É preciso tam e usar de sabedoria, para não dar lugar à tentações maiores. Para isso, é bom fugir de certas situações que poderão aumentar a luta 

3.2.1 Fé na Palavra de Deus

Jesus venceu a tentação porque usou a Palavra.” Bem-aventurado o varão que sofre a tentação; porque, quando for provado, receberá a coroa                                            da vida, a qual o Senhor tem prometido aos que o amam”. Tiago 1.12

É necessário crer no que Deus nos fala através da Sua Palavra.Apelar para as Escrituras é, pois, uma tática para vencer o inimigo na hora da tentação (Sl 119.11).

3.3.2 Confiar na fidelidade de Deus

Deus conhece as limitações do homem, bem como até o que ele pode suportar.É preciso confiar que Ele consente até o ponto que possamos suportá-lá. Ele prometeu escape para os Seus filhos e cumpre as Suas promessas (2 Ts 3.3). Ele é, pois, digno de toda confiança.

3.3.3 Concentrar-se nas promessas divinas

Basta concentrar a atenção em algo para que aquilo se apresente mais potente, mais real.Por essa razão, o crente não deve concentrar seus pensamentos e seu olhar na tentação; porque, dessa forma, ela se avultará e, então, ele passa a temê-la.O que precisa ser feito é firmar a sua fé em Jesus e olhar para Ele (Hb 12.2).

CONCLUSÃO

Como ja foi dito,ser tentado não é pecado. O pecado está em ceder à tentação.E fato que, com suas próprias forças, o crente não tem condições de resistir à tentação.Mas o apelo do apóstolo Paulo é para que o cristão se revista da armadura de Deus.Assim como o poder é de Deus, as armas de defesa e de ataque também o são.

A armadura completa compõe-se da verdade, da retidão, da fé, do poder da salvação, da operação do Espírito Santo e da posse da Palavra de Deus.Estando firme, isto é, oferecendo resistência ao inimigo, certamrente a vitória não será tardia.

Culto de Ensino 01 de Outubro 2019

Culto de Ensino 01 de Outubro 2019Como Vencer as Tentações Parte 1https://adelshaddai.org/como-vencer-as-tentacoes/#IgrejaBrasileira #IgrejaEvangelica #VencerTentacoes #VencendoTentacoes #ADMElshaddai #PrAdelsondeSouza

Posted by ADM ELSHADDAI on Tuesday, October 1, 2019
Culto de Ensino 15 de Outubro 2019

Culto de Ensino 15 de Outubro 2019Como Vencer as Tentações Parte 2https://adelshaddai.org/como-vencer-as-tentacoes/#IgrejaBrasileira #IgrejaEvangelica #VencerTentacoes #VencendoTentacoes #ADMElshaddai #PrAdelsondeSouza

Posted by ADM ELSHADDAI on Tuesday, October 15, 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se inscreva em nossa Newsletter

ADM Elshaddai

Propósito de introduzir  JESUS CRISTO as pessoas e ajudà-los a segui-lo

© 2019 Assembléia de Deus Elshaddai Todos os Direitos Reservados